Descubra como calcular a margem consignável com o aumento



* O link para o vídeo completo está no final desse artigo.
Saiba mais clicando em Robô IQ OPTION de AUTOMATIZAÇÃO de Lista de SINAIS
E conheça também sobre o Melhor Bot Para Opções Binárias 2021
Que tal um robo gratuito para IQ Option? Sistema Para IQ Option Grátis



A bxblue tem as menores taxas de juros do consignado. Duvida? Então clique aqui, faça sua simulação e confira:

——————

A margem consignável é um dos conceitos mais importantes para quem quer contratar um empréstimo consignado. Aposentados e pensionistas do INSS, servidores públicos e trabalhadores de empresas privadas precisam saber esse valor para garantir o crédito.

Essa tal margem consignável é o valor máximo da renda mensal que pode ser comprometida em um empréstimo consignado, com desconto em folha. Assim, quem tem essa modalidade de empréstimo têm suas parcelas descontadas todo mês direto da aposentadoria, pensão ou salário, limitado a esse teto. O valor destinado à margem consignável é o mesmo para servidores públicos, aposentados e pensionistas do INSS, como regula a Lei.

Esse teto foi criado como forma de evitar o superendividamento. Assim, é possível garantir que mesmo contraindo um empréstimo, o tomador também terá recursos necessários para os gastos mais básicos.

Agora, como é feito o cálculo da margem consignável?

Na prática, não é permitido assumir parcelas de empréstimos que sejam maiores que 35% da renda mensal. Sendo assim esse valor total é dividido em:

30% para margem consignável para empréstimo;
5% para margem consignável para cartão de crédito consignado;
A margem para cartão é de uso exclusivo e só pode ser utilizada para as despesas com a quitação da fatura ou dos saques realizados.

Helena, tem algo errado aí… acabou de ser liberado o aumento da margem em 5%, uai!

Calma, é que a alteração da margem consignável de 35% para 40% (com os 5% adicionais que foram liberados recentemente) é, até então, temporária, valendo apenas até 31 de dezembro de 2021. Depois, o teto volta ao valor fixado em lei.

Como hoje eu tô de bom humor, vamos fazer os dois cálculos juntos: com o aumento da margem consignável e sem.

Pra calcular a margem consignável com o aumento, solta na tela a fórmula aí produção:

Pra calcular a margem consignável sem o aumento muda um pouco, não se esqueça:

Lembre-se: o valor da margem consignável é calculado com base no valor mensal líquido, ou seja, já sem os demais descontos compulsórios ou obrigatórios;
Verbas variáveis, 13º terceiro salário INSS, remunerações temporárias ou auxílios não alteram o valor da margem consignável.
O reajuste anual do salário mínimo altera a base de cálculo e não o percentual permitido por lei para a margem do consignado.

E vamos também pro cálculo do cartão consignado, solta na tela aí por favor:

Essa é a referência para o desconto automático. Se os gastos ou o valor da fatura mensal no cartão forem superiores, o titular pode pagar o boleto bancário. Se não quitado, o valor da diferença é adicionado à próxima fatura.
Um cuidado neste caso é que sobre o valor excedente vão incidir juros do chamado crédito rotativo. As taxas do rotativo do consignado são menores, mas ainda assim são valores extras pagos. Uma dica muito útil é manter os gastos dentro do limite da margem do cartão.

Como o assunto do aumento da margem consignável está em alta, eu trouxe até um exemplo pra vocês de como calcular a margem com o aumento:

Se um servidor público federal (SIAPE) recebe R$ 7.000 líquido, todo mês, terá ao todo R$ 2.800 de margem, sendo R$ 2.450 para as parcelas de um ou mais empréstimo e R$ 350 para as despesas do cartão.

Parece complicado, eu sei, mas tenho uma boa notícia pra você: no site da bxblue nós fazemos essa conta de questão de segundos, basta fazer uma simulação clicando no link que está aqui na descrição desse vídeo. E você vai se surpreender: nosso site tem as menores taxas de juros do mercado!

E aí, ficou mais claro pra você como fazer o cálculo da sua margem consignável?
Continue acompanhando nosso canal porque temos vídeos incríveis toda semana.

Até a próxima!

Acompanhe nossas redes sociais!
Facebook:
Instagram:
Twitter:

——————

Saiba mais em: www.bxblue.com.br

Vídeo

7 comentários em “Descubra como calcular a margem consignável com o aumento

  1. O SIGEPE calcula a margem do consignado abatendo de 70% dos vencimentos básicos o imposto de renda, a contribuição previdenciária e a parcela do consignado já existente ou seja, o aumento de 5% na margem do consignado pela Lei 14.141/2021 não alterou em nada, visto que este aumento foi na margem de 30% e não na de 70%!

  2. Ficou muito mais fácil e claro entender, muito obrigada. Parabéns! Continuem ajudando a esclarecer essas dúvidas. Acompanho sempre, compartilho e recomendo.

Os comentários estão encerrados.